Notícias

Análise do Edital da PC-DF para Escrivão

Análise do Edital da PC-DF para Escrivão
09-12-19 | Notícias Concursos | admin |

O edital para o concurso da PC-DF, para o cargo de Escrivão de Polícia, foi publicado no Diário Oficial do DF dia 5 de dezembro e trouxe algumas novidades para este certame. Mas não se desespere, essas novidades irão afetar a todos os candidatos por igual. A diferença estará no ritmo de sua preparação até aqui.

Serão 225 vagas para ampla concorrência, 15 para pessoa com deficiência e 60 para negros. A taxa de inscrição será no valor de R$ 199,00, podendo ser feita do dia 22 de janeiro ao dia 10 de fevereiro de 2020 no site da Cebraspe(link aqui).

A prova terá duração de 4 horas e 30 minutos e será aplicada na data provável de 15 de março de 2020, no turno da tarde, em locais e horários a serem definidos pela banca organizadora e publicados no Diário Oficial Do Distrito Federal.

ETAPAS DO CONCURSO

Este certame, que será aplicado pela Banca Cebraspe, terá duas etapas.

A 2° Etapa do concurso público consistirá de curso de formação profissional, de caráter eliminatório e classificatório.

A avaliação biopsicossocial para os candidatos que concorrerem a vagas reservadas às pessoas com deficiência e o procedimento de heteroidentificação complementar à autodeclaração dos candidatos negros será realizada no Distrito Federal.

REQUISITOS PARA O CARGO E JORNADA DE TRABALHO

O Escrivão de Polícia do DF irá desempenhar atividades voltadas ao cumprimento das formalidades legais de polícia judiciária necessárias aos inquéritos, termos circunstanciados, sindicâncias, processo administrativo disciplinar e demais serviços cartorários de apoio à autoridade policial, além de outras atribuições inerentes ao cargo.

A remuneração é paga por meio de subsídio no valor de R$ 8.698,78, com jornada de trabalho de 40 horas semanais e dedicação exclusiva. É exigido diploma de conclusão de curso de graduação em qualquer área de formação reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

A PROVA DISCURSIVA

A prova discursiva valerá 30,00 pontos, com redação de texto dissertativo, de até 30 linhas, a respeito de temas da atualidade já definidos em edital.

Serão corrigidas 900 redações sendo 675 para ampla concorrência, 45 para vagas PCD e 180 redações às vagas para negros.

PROVA DE DIGITAÇÃO

A prova prática de digitação será avaliada quanto à produção e ao número de erros cometidos na transcrição do texto do candidato, baseado em um número de toques líquidos por minuto.

Os candidatos que não alcançarem o mínimo de 100 toques líquidos receberão nota zero, estarão automaticamente eliminados e não terão classificação alguma no concurso.

PROVA DE CAPACIDADE FÍSICA

Somente serão convocados para a prova de capacidade física os candidatos aprovados nos exames biométricos e na avaliação médica.

Cada teste físico valerá de 0 a 100 pontos, devendo o candidato atingir um aproveitamento mínimo de 50% da pontuação para ser aprovado em cada teste específico e 60% no somatório total das notas de todos os testes da prova de capacidade física para ser considerado apto.

A prova de capacidade física consistirá em submeter o candidato aos testes de barra, flexão abdominal, meio-sugado e corrida de doze minutos.

Se você está em nosso Grupo de Preparação Intensiva, já estará em dia com as principais matérias que serão cobradas nessa prova. A novidade mais marcante ficou por conta do conteúdo de inglês, mas acreditamos que será nada além de interpretação de texto básica.

Se você ainda não faz parte do GPI, clique no link e saiba mais sobre essa ótima técnica de estudos baseado em questões. Estamos com uma turma voltada especificamente para este concurso da PCDF. Foco nos estudos, guereiro!

Operação Federal nas redes sociais

Instagram do Operação Federal

Facebook do Operação Federal

Fábrica de Policiais

Grupo de Preparação Intensiva

Comentários