Notícias

Como estudar lei seca com eficiência?

Como estudar lei seca com eficiência?
19-09-19 | Dicas de Estudo | admin |

Um grande medo dos concurseiros iniciantes é estudar a lei seca, ou seja, como ela foi escrita e publicada pelos legisladores. Saber como estudá-la com eficiência é a maior dúvida entre todos que estudam pra concurso.

O ponto chave é notar que muitas bancas usam a literalidades de alguns artigos em suas questões, por isso que estudar de modo eficiente é importante. E como vou estudar de modo eficiente? Devo ler toda lei? Calma, “pequeno gafanhoto”! existe uma maneira mais otimizada para que você gabarite a grande maioria das questões de concurso com relação a essas leis.

Ter a lei atualizada

O primeiro passo é ter a legislação atualizada. De nada adiante estudar por uma lei com artigos já revogados ou alterados. Então você precisa ter a lei mais atualizada possível. E onde encontrar? Mais uma vez vamos te deixar no caminho certo. No site da Casa Civil – Palácio do Planalto (link), você irá encontrar a legislação federal facilmente. Entre os textos completos e os compilados, escolha os compilados, pois estes possuem os textos que estão em vigor naquele momento da pesquisa. Os textos completos contam a história da modificação da lei e possuem textos que não estão em vigor. Sabe aqueles com tachado sobre ele, você já deve ter visto. Estes artigos, incisos ou alíneas fora revogados por leis posteriores a sua edição e não serão usados pela banca.

Marcar possíveis pegadinhas das bancas

Tenho a lei, e agora? O próximo passo é fazer marcações eficientes. Destacando os pontos chave da Lei Seca será muito útil para sua memorização. E quais seriam esses pontos chaves se jamais li essa lei? Sem desespero, vamos com calma. O ideal é que você faça as marcações apenas após algumas leituras. Essa leitura fará que você identifique quais são as principais expressões e destaque aquelas que possam gerar dúvida. Expressões como “obrigatoriamente”, “salvo”, “exceto”, “sempre”, “nunca” são exemplos que merecem sua atenção.

Treine! Treine muito!

Ok, marquei tudo, risquei o material todo, e agoraResolva questões da banca do seu concurso! Uma dica importante é fazer as marcações após fazer alguns exercícios. Desse modo, você verá os pontos mais cobrados nas provas e poderá identificar as “pegadinhas” da banca para aquele assunto. Você irá notar que muitos termos e artigos se repetem nas questões.

Etapa de revisão

Agora é só repetir! A repetição ajuda a fixar melhor o conteúdo e fazer com que os detalhes das “pegadinhas” não passem desapercebidos. Ler os artigos de lei repetidas vezes o ajudará em sua memorização, inclusive daqueles termos que não estamos acostumados a ler no dia a dia.

Após todas essas dicas, é hora de revisar! Claro, acha que é só marcar e ler uma vez, pequeno gafanhoto? A revisão é imprescindível nos seus estudos, pois sem ela tudo o que você estudou poderá ser perdido no curto prazo. O cérebro não armazena as informações de uma única vez, é preciso ir mostrando para ele o que é necessário ser guardado. Como fazemos isso? Revisando! Considerando que muitas vezes há um período de médio a longo prazo até a data da prova, sem a revisão, todo o conteúdo estudado poderá ser esquecido.

Um estudo focado irá te economizar muito do seu tempo, porque, embora uma leitura completa seja importante, estar atento ao que é mais cobrado aumentará as suas chances de acerto na prova. Esses bizus são aplicados na Fábrica de Policiais e no Grupo de Preparação Intensiva (GPI). Nos siga nas redes socais e acompanhe nossas postagens sobre técnicas de estudos. São bizus feitos de concurseiros para concurseiros.

 

Operação Federal no Instagram 

Fábrica de Policiais

Grupo de Preparação Intensiva

Comentários