Notícias

Como estudar por ciclos para concurso

Como estudar por ciclos para concurso
02-12-19 | Dicas de Estudo | admin |

Você que estuda para concurso já sabe sobre a importância de adotar técnicas e métodos de estudos para aumentar seu rendimento e assim garantir sua aprovação. Uma ótima técnica é o estudo por ciclos.

O ciclo de estudos é algo utilizado por aprovados em concursos de alto nível há um tempo, é uma técnica indispensável para qualquer um que pretenda estudar em alto rendimento.

Esse tipo de técnica permite que o você monte seu ciclo sem a especificação de quais dias e quais horários serão dedicados à preparação. Isso porque o ciclo de estudos é uma sequência de disciplinas a ser estudada, de acordo com a sua disponibilidade.

Por esse formato de estudos ser mais flexível, ele apresenta diversos benefícios, mas requer também mais disciplina e determinação de sua parte.

Analisando do ponto de vista científico, o ciclo de estudos ajuda a diminuir a curva de esquecimento. A curva de esquecimento surgiu de um estudo que comprovou por quanto tempo conseguimos reter um assunto com o passar do tempo.

Como funciona o estudo em ciclos

O ciclo de estudos consiste em montar uma sequência de disciplinas a serem estudadas em determinado número de horas. Veja que não se trata de estudar em horários específicos, por isso é mais flexível, mas sim na quantidade de horas usadas por cada ciclo.

Caso hoje você tenha estudado apenas as 3 primeiras disciplinas do ciclo, no dia seguinte você deverá começar pela última disciplina não estudada, no nosso exemplo, Direito Constitucional.

Quais as vantagens do estudo em ciclos

Pelo fato de o estudo em ciclos não depender de uma rotina maçante, ele facilita bastante o desenvolvimento do conteúdo do edital. Podemos citar ainda uma série de benefícios.

  • Melhor gerenciamento do seu tempo: não é você que se adapta ao ciclo, o ciclo de estudos que se adapta ao seu tempo disponível. Você define o tamanho do ciclo e das matérias de acordo com sua possibilidade de tempo. Você pode, por exemplo, estabelecer um ciclo de 2 horas para cada disciplina mais difícil e 1 hora para as disciplinas mais fáceis do edital.
  • Rotatividade das disciplinas: uma das principais vantagens é a rotatividade de disciplinas em um curto período de tempo, melhorando a curva de esquecimento mencionada anteriormente. Mas para isso é necessário que as disciplinas sejam divididas de forma equilibrada nessa rotina de estudos. Não seria razoável reservar o mesmo número de horas de estudo para uma disciplina que você já domina com uma nova que você ainda não estudou.
  • Melhora do rendimento: estudar por horas a fio cansa a mente e reduz o seu rendimento, mas isso não ocorre no estudo em ciclos. Por haver a rotatividade das disciplinas em um mesmo ciclo de estudos, isso contribui para dar um up na sua mente a cada novo assunto, o que evita a perda de concentração e melhora a fixação do conteúdo pelo candidato.
  • Foco em resultados: nessa técnica o que importa é o resultado e não o processo. Isso porque não basta apenas cumprir uma rotina diária preestabelecida, mas sim a assimilação do conteúdo. Desse modo, você se sente mais estimulado a focar na qualidade de sua preparação e não apenas em cumprir horas de estudo.

Como montar seu estudo em ciclos

Para começar a montar seu ciclo de estudos será preciso seguir algumas etapas:

Etapa 1: analise o edital

O primeiro passo é a análise do edital. É importante que você conheça as disciplinas que serão exigidas pela banca examinadora e escolha aquelas que deverão compor seu ciclo de estudos. Será necessário priorizar mais horas de estudos em matérias que você ainda não estudou.

Etapa 2: Definir a duração do ciclo

Sabendo quais são as matérias, é hora de definir a duração de cada ciclo e quais matérias vão entrar em cada um deles. Vamos a um exemplo:

Seguindo nosso exemplo, apenas quando finalizar o Ciclo 1 você deverá passar então para o Ciclo 2. Monte seu ciclo de acordo com sua disponibilidade de tempo. Não importa se ele será de 12h, 10h, 8h, monte de acordo com seu tempo dedicado a estudar.

Etapa 3: definir o tempo de cada matéria

Aqui você deverá avaliar qual matéria você tem mais dificuldade e qual tem mais facilidade para aprender. Uma dica interessante, e apresentada no nosso Grupo de Preparação Intensiva (GPI), é o estudo reverso. Resolvendo questões você irá saber qual o conteúdo mais cobrado pela banca. Será justamente nesse ponto que você deverá ter mais atenção e tempo de estudos.

 

É importante dizer que as horas consideradas no ciclo de estudos são as horas líquidas, ou seja, não está incluído o tempo gasto com lanches, idas ao banheiro, redes sociais etc.

Outro ponto importante é que a revisão é muito importante para a memorização do conteúdo. Assim, é recomendável que, ao retomar os estudos, você faça uma rápida revisão da matéria estudada no último ciclo. Lembrando que o tempo gasto na revisão também não entra no cálculo das horas líquidas, certo?

Agora que você já conhece todos os benefícios do estudo em ciclos e sabe como aplicá-lo à sua rotina de estudos, convidamos você a fazer parte do Grupo de Preparação Intensiva (GPI) e da Fábrica de Policiais.

O GPI é um grupo de estudos em que você será orientado a utilizar essas e outras técnicas que irão otimizar sua aprendizagem. Já a Fábrica de Policiais é um treinamento de alta performance voltado para carreiras policiais. Nos acompanhe nas redes sociais do Instagram e Facebook para saber mais sobre técnicas de estudos e informações sobre novos editais.

Aproveite para baixar agora, totalmente gratuito, nosso e-book “03 PASSOS PARA SER APROVADO EM CONCURSOS DAS CARREIRAS POLICIAIS”. Um manual completo para todos que querem aprender a estudar da forma correta para os concursos policiais.

Comentários

Junte-se a milhares de concurseiros!

Receba os melhores conteúdos para alavancar os seus estudos.

*EU ACEITO RECEBER CONTEÚDOS GRATUITOS DO OPERAÇÃO FEDERAL E COMPREENDO QUE POSSO ME DESCADASTRAR A QUALQUER MOMENTO