Notícias

NOVO MÉTODO DE CÁLCULO DA NOTA CESPE: ENTENDA O QUE MUDOU

NOVO MÉTODO DE CÁLCULO DA NOTA CESPE: ENTENDA O QUE MUDOU
11-07-19 | Sem categoria | admin |

O modelo de cálculo da nota do Cespe (cebraspe) tem sido, tradicionalmente, aquele em que uma questão errada anula uma certa. Em outras palavras, o candidato vinha sendo penalizado pelo erro, de forma a desincentivar o “chute”. No edital do TJ-AM, entretanto, a banca Cespe mudou a sua forma de avaliação.
Será que deixará de ser tão temida pelos concurseiros?

1) Qual a nova sistemática de cálculo da nota do Cespe?
Analisaremos, a seguir, a nova sistemática de cálculo da nota da Cespe conforme o edital publicado para o TJ-AM, começando com o cálculo para o Cargo de Nível Superior e, posteriormente, para o cargo de Nível Médio. Para isso, iremos abordar os seguintes tópicos:
1. Pontuação para o Cargo de Nível Superior TJ-AM

2. Pontuação para o Cargo de Nível Médio TJ-AM

3. Conclusão e Resumo das Equações

1) Pontuação para o Cargo de Nível Superior TJ-AM
Por questões meramente didáticas, vamos dividir esse tópico em dois subtópicos, para compreendermos a diferença no cálculo nas notas das provas de Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos.

1.1) Como Calcular a Pontuação na Prova de Conhecimentos Básicos
De acordo com o novo edital do TJ-AM, para sabermos a pontuação positiva, ou seja, a pontuação dos acertos da prova de Conhecimentos Básicos, será necessário dividir 40 (número total de questões da prova) por 40 menos o número de questões anuladas na prova de Conhecimentos Básicos, o qual a Cespe chamou de “n1”. Assim, se nenhuma questão for anulada, teremos 40 dividido por 40, o que corresponde a 1 ponto por questão certa.

A inovação trazida pelo edital do TJ-AM está no cálculo da pontuação negativa, aquela relativa aos erros. Para calculá-los, dividiremos 20 (total de questões dividido por dois) por 40 menos “n1” (total de questões menos questões anuladas). Se não houver anulações, portanto, a conta ficará a seguinte: 0.5 pontos por erro. Nesse contexto, será necessário errar duas questões para que uma correta seja anulada. Ou seja, uma questão errada não mais anulará uma correta!

Mudando um pouco o cenário, caso tenhamos 5 questões anuladas, teremos “n1” valendo 5 (n1= 5). Isso mudará as equações, ficando 1,14 pontos por acerto. Portanto, a pontuação positiva obtida será 1,14 multiplicado pelo número total de questões corretas.

Qual será a pontuação negativa? Vejamos: 20 (dividido por 40-n1) = 20 (dividido 40-5)= 20 dividido por 35= 0,57 pontos por erro.

Como podemos ver, no caso de um acerto, você terá 1,14 pontos, e para perder essa pontuação, será necessário errar duas questões. Veja que 0,57 multiplicado por 2 é exatamente o valor de um acerto, ou seja, 1,14!

1.2) Como Calcular a Pontuação na Prova de Conhecimentos Específicos
A lógica aplicada para obtermos a pontuação na prova de Conhecimentos Específicos é exatamente a mesma daquela que aplicamos no tópico anterior.
Relativamente à pontuação positiva, ou seja, aquelas questões que você acertou, deve-se dividir 80 (total de questões de conhecimentos específicos) por 80 menos o número de questões anuladas da prova de Conhecimentos Específicos, o qual a banca Cespe chamou de “n2”.
Montando a equação, você terá o seguinte: 80 dividido por 80-n2

Já para a pontuação negativa, relativa às questões erradas, deve-se dividir 40 por 80 menos “n2”.
Conforme vimos até aqui, temos a mesma lógica da prova de Conhecimentos Básicos, ou seja, é necessário errar duas questões para que se anule uma correta!
Com esse novo método de cálculo, a questão anulada não será mais distribuída para todos. A questão anulada elevará o valor da pontuação positiva e, também, da negativa. Com isso, verificar-se-á uma redistribuição dos pontos das questões anuladas.

2) Pontuação para o Cargo de Nível Médio TJ-AM
Para a prova dos cargos de nível médio do concurso do TJ-AM, aplicaremos a mesma lógica que mostramos para os cargos de nível superior, só mudaremos os números da equação para adequarmos aos números de questões. Veja abaixo:
Para a prova de Conhecimentos Básicos, as equações ficarão da seguinte maneira:

Pontuação positiva: 40 dividido por 40-n1
Pontuação Negativa: 20 dividido por 40-n1
Já para a prova e Conhecimentos Específicos, o cálculo das pontuações se dará a partir das seguintes equações:
Pontuação positiva: 60 dividido por 60-n2
Pontuação negativa: 30 dividido por 60-n2

3) Conclusão e Resumo das Equações
A partir do edital para o Concurso TJ-AM, acreditamos que o Cespe mudará a forma de cálculo de sua nota para as próximas provas.
Com sua nova sistemática de cálculo, haverá um balanceamento na pontuação quando houver anulação de alguma questão, aumentando tanto a pontuação do acerto quanto do erro.
Com isso, o candidato somente perderá um ponto de acerto ao errar duas questões. Com certeza é uma grande notícia para todos!
(Fonte: estratégia concursos).

Devido às mudanças nos concursos recentes, é esperado que aconteça mudanças nos cálculos dos concursos policias.

Se ocorrer a mudança no edital que você está aguardando, qual cálculo você prefere? O atual ou anterior?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *