Notícias

PONTA PORÃ/MS

PONTA PORÃ/MS
03-10-19 | Lotações de Fronteira | admin |

Mais uma vez vamos aqui comentar sobre uma lotação de fronteira possível para você amigo que estuda para a PF ou PRF. A bola da vez será Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul.

COMO É A CIDADE: localização e clima.

Ponta Porã é um município brasileiro do estado de Mato Grosso do Sul, localizado na região centro-oeste do país. Faz divisa (fronteira seca) com a cidade de Pedro Juan Caballero, no Paraguai. Constitui uma área conurbada internacionalmente com a cidade Pedro Juan Caballero, capital do departamento de Amambay, no Paraguai.

Ponta Porã está distante 1.346 km de Brasília, 324 km de Campo Grande, a capital do estado, e 110 km de Dourados, segunda maior cidade do estado que possuí aeroporto. É ligada por meio de rodovias federais que dão acesso aos Estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso. A população do município é de mais de 110 mil habitantes.

A cidade que foi capital do extinto Território Federal do mesmo nome (1943-1946) está situada ao sudoeste do Estado e possui clima temperado com uma amplitude térmica bastante elevada, ou seja, não é incomum no mesmo dia a temperatura bater a casa dos 38° e depois bater na casa dos 16°, além disso as estações do ano são bem definidas (inverno é inverno mesmo com temperaturas que podem chegar a 0°). A cidade possui uma boa rede hoteleira, tanto do lado brasileiro como do paraguaio. A economia FORMAL do município está voltada para a agricultura e pecuária, contudo o que movimenta a economia da cidade é o contrabando e o tráfico de drogas.

A lavoura é uma das pujantes do território nacional produzindo, principalmente, soja, trigo e milho. A cidade também ficou com o 376º maior potencial de consumo (IPC Marketing) entre todas as cidades brasileiras em 2014, com índice de 0,036% e no estado ficou em quinto.

INFRAESTRUTURA (Estradas, rodoviária, aeroporto, etc.)

Infraestrutura da cidade não é seu ponto forte, como praticamente todas as cidades do MS (não é um caso isolado) há muitos buracos nas vias públicas. Em alguns bairros não há pavimentação (geralmente os servidores públicos federais não habitam esses bairros, logo isso não se torna um problema). As rodovias por outro lado são bem decentes, com um trânsito tranquilo e muitas retas.  Há uma rodoviária afastada do centro, de lá saem ônibus para as cidades vizinhas, bem como para Campo Grande, capital do estado, Cuiabá-MT, Estado de São Paulo e Paraná. Existe um aeroporto na cidade (melhor inclusive que o aeroporto da cidade de Dourados) mas não recebe voos comerciais. Contudo há um projeto da Cia Azul de implantar voos para a cidade com conexão em Campinas.

MORADIA

Ponto fraquíssimo da lotação, com o advento das faculdades de medicina no Paraguai (atualmente existem 8) o valor dos imóveis da cidade disparou. Isso reflete nos valores dos alugueis, por exemplo: uma casa no com 3 quartos no melhor bairro da cidade não saí por menos de R$ 2400, uma casa no centro com dois quartos vai custar entre R$ 1600 – R$ 2200. Esse é o pior ponto da cidade. Comprar terreno para construir ou uma casa pronta também saí caro, todavia é possível que consiga lucrar com a venda posterior caso saia da lotação.

COMUNICAÇÃO (Telefonia móvel, internet)

As melhores operadoras da cidade são Claro e Vivo. Claro possuí uma melhor cobertura na cidade (tanto no Brasil quanto no Paraguai), Vivo não supera a Claro na cidade, contudo na estrada é muito melhor. Quem possuí um celular dual chip pode ter o melhor dos dois mundos (rss).

Internet vem melhorando bastante na cidade, há diversas empresas locais fornecendo internet por fibra ótica, além disso há OI Velox e provedores de internet via rádio.

COMÉRCIO (lojas, bancos…)

O comercio é um ponto forte da cidade, com a facilidade de ir ao Paraguai. É possível comprar diversas mercadorias (vestuário, eletrodoméstico, perfumes, suplementos, bebidas, etc) de grandes marcas a preços bem mais atraentes que se a mesma mercadoria fosse comprada no Brasil. Quanto aos bancos, aqui é possível encontrar os maiores: Itaú, BB, Caixa, Bradesco, Santander. 

ALIMENTAÇÃO

Valor da alimentação é baixo, em especial para o valor das carnes. Para quem for fazer sua própria comida não será um problema. Para quem come fora, há diversos restaurantes com faixa de preços variados.

Há um restaurante requintado na cidade, alguns restaurantes de comida japonesa, “burguerias” artesanais e pizzarias que são tão boas quanto as de grandes capitais. Vale destacar que no Paraguai, nos grandes shoppings, é possível encontrar grandes redes de fast food como MC’Donalds, Burguer King, Pizza HUT, KFC, etc. 

EDUCAÇÃO

A cidade possui uma universidade federal (UFMS), um instituto federal (IFMS) e uma faculdade particular onde é disponibilizado o curso de direito. No Paraguai a diversas faculdades de medicina sendo que a mais cara custa em torno de R$ 2000 a depender do valor do dólar. Muitos cônjuges de colegas cursam medicina aqui. Para crianças e adolescentes há 4 colégios particulares. 

SAÚDE

Na cidade há um hospital público e um hospital particular, que geralmente aceita convenio da Unimed. Além dos hospitais, há diversas clinicas, laboratórios e consultórios médicos espalhados pela região, seja no lado brasileiro, seja no lado paraguaio.  A cidade vizinha Dourados possuí uma estrutura muito melhor e fica apenas a 110km de Ponta Porã.

CRIMINALIDADE

Como já dito anteriormente, o mercado informal da cidade gira em torno do contrabando e do tráfico de drogas. A taxa de homicídio é bem alta, mas em geral, e eu chuto 95% das vezes, os homicídios são direcionados a pessoas envolvidas com o crimes. Apesar da alta taxa de homicídios, eu me sinto mais seguro andando aqui do que em grandes centros Brasil a fora. Aqui ainda há um respeito em especial pela Polícia Federal por parte dos criminosos.

LAZER E VIDA NOTURNA (shopping, parques, barzinhos)

Em Ponta Porã há dois parque para prática de atividade física ao ar livre. Para quem curte natação não há muitas opções. Há diversas academias, sendo duas bem estruturadas, além de um box de crossfit.

Há Shoppings somente no Paraguai, destacando-se o shopping China, onde é possível encontrar praticamente tudo de grandes marcas. Há um cinema e um boliche na cidade e também diversos cassinos no lado paraguaio. A vida noturna é bem movimentada na cidade por haver diversas faculdades de medicina, a rotatividade de alunos é enorme e em geral as pessoas são bem receptivas.

Todo ano há uma exposição que traz grandes artistas, além de promoverem shows esporádicos ao longo dos meses. Ponta Porã fica a mais ou menos 320 km de Bonito-MS, 600 km Pantanal e 600 km de Foz do Iguaçu-PR.  Uma ida a Bonito e ao Pantanal tem que ser obrigatória para os novos servidores pois provavelmente não iriam caso não morassem aqui.

ESTRUTURA DA DELEGACIA DA PF/AMBIENTE DE TRABALHO/QUANTIDADE DE TRABALHO/ROTINA DE TRABALHO/MISSÃO

A estrutura da delegacia de Ponta Porã é bastante precária para o tipo de trabalho que esta região de fronteira necessita. Contudo o ambiente de trabalho é excelente, há uma harmonia entre EPA’s e Deltas.

A quantidade de trabalho necessitada aqui é muito maior que a média nacional para uma delegacia descentralizada. A rotina de trabalho é bem flexível, mas não é incomum trabalhar de madrugada ou em um final de semana. Por fim, a oferta de missões é boa, porém é possível que surja uma não muito atrativa.

CONSIDERAÇÕES FINAIS (Recomendaria essa lotação? Custo de vida?…)

Essa lotação é interessante pelos vários motivos ao longo do texto, diria que Ponta Porã é uma das melhores lotações 4 pontos da Polícia Federal. Há dois aeroportos pertos (Campo Grande e Dourados) que permitem voos e conexões para todo Brasil. Apesar do valor alto do aluguel, este se balanceia com os valores baixos como alimentação e mercado. Comprando no Paraguai é possível encontrar praticamente todas grandes marcas de produtos a preços bem menores que os praticados no Brasil. Para quem é solteiro a vida noturna é excelente, para quem é casado as coisas não são tão boas, mas há um cinema e um boliche na cidade além de alguns lugares bons para comer.

Ponta Porã está mais ou menos 320 km da cidade de Bonito-MS, 600 km do Pantanal e 600 km de Foz do Iguaçu-PR, três lugares com estradas boas e que eu recomendaria a visita. O serviço é bastante dinâmico, para quem gosta de trabalhar, é proativo e está “vibrando”. Ponta Porã é uma escola, aqui você vai praticamente trabalhar com os principais tipos de crimes de competência da Polícia Federal (é como se fosse uma clínica geral) sendo que o carro chefe é o tráfico de drogas. Não é incomum operações e cumprimento de mandados em residências bem como abordagem de veículos repletos de entorpecentes. A certeza é que não tem como enjoar do trabalho pois é muito dinâmico.

Essa foi mais uma dica de lotação de fronteira feita pela equipe do Operação Federal. Traremos para você muitas outras ao longo de nossas postagens. Nos acompanhe nas redes sociais para não perder!

Operação Federal no Instagram 

Fábrica de Policiais

Grupo de Preparação Intensiva

 

Comentários

Junte-se a milhares de concurseiros!

Receba os melhores conteúdos para alavancar os seus estudos.

*EU ACEITO RECEBER CONTEÚDOS GRATUITOS DO OPERAÇÃO FEDERAL E COMPREENDO QUE POSSO ME DESCADASTRAR A QUALQUER MOMENTO